“I” é a primeira letra do alfabeto: egoísmo saudável

Desde a infância, muitos de nós fomos informados de que “eu” – no último lugar e, antes de tudo, precisamos pensar sobre os outros. É porque muitas vezes empurramos nossos desejos e necessidades para o fundo? Os cuidados regulares de si são críticos para preservar a saúde física e mental.

A expressão “Care consigo mesmo” é familiar para todos. Amigos, parentes, médicos nos repetiram mais de uma vez: é hora de se aceitar. O que essas palavras realmente significam.

Este conceito amplo abrange tudo o que fazemos por nós mesmos – física, emocional e espiritualmente. O regime de autocuidado pode incluir o dia do relaxamento no spa, exercícios matinais, à noite assistindo a um filme ou apenas lendo. Em uma palavra, tudo o que fazemos por causa das necessidades pessoais e boa saúde.

Cuidar de si mesmo é vital para a saúde mental, mas muitas vezes é negligenciado. Damos a maior parte do tempo para trabalhar para viver e fazer os outros felizes. Às vezes eu quero bater no chefe, às vezes para agradar um parceiro ou pais. Mas que lugar na lista de pessoas que queremos ser atribuídas a nós? Na maioria das vezes não.

O que os cuidados de nós mesmos nos dão? É importante para uma boa saúde física e equilíbrio mental. É difícil fazer alguém feliz se nós mesmos estivermos infelizes.

Você mesmo deve ser colocado em primeiro lugar, e só então todos os outros. Essa preocupação traz grande benefício para a saúde mental, não devemos esquecer isso.

1. Levanta a auto -estima

Auto -estima é o quanto nos valorizamos. Na maioria dos casos, nosso valor é determinado por outros. Mas se começarmos a cuidar de nós mesmos, então investimos em poço pessoal -ser. Faça o que quiser e, assim, confirme nosso significado.

Com essa atitude, a auto -estima está ficando mais

forte a cada dia. Resistimos à crítica interna que nos priva de coragem. Quanto mais você acredita em si mesmo, mais fácil é interromper o diálogo mental negativo, e este é um dos principais passos para fortalecer a saúde mental.

2. Aumenta a produtividade

O melhor que pode ser feito por si mesmo é dizer não a tudo o que recua. Qualquer um que não se respeite, não recusar ninguém e nada que leve tempo e esforço de sua parte.

Mas assim que começamos a cuidar de nós mesmos, há uma coragem de rejeitar os pedidos que fazem você pular acima de sua cabeça ao custo de nosso próprio bem. É então que acaba se concentrando em suas tarefas e aumentar a produtividade pessoal. A satisfação do trabalho realizada, não importa – grande ou pequena, desempenha um papel importante no conforto emocional e mental.

3. Fortalece a saúde

Cuidar de si mesmo significa muito para a saúde física e mental, porque dedicamos mais tempo de atividade que traz prazer e benefício. Então o corpo e a mente estão fortalecidos. Somos limpos de pensamentos inúteis, nos libertam do passado e vivemos o presente, e isso é parte integrante da psicoterapia.

4. Expandindo a autoconfiança

Nem sempre é fácil fazer isso. Às vezes, isso significa abrir seus lados mais escuros, mas esse é o caminho para o auto -conhecimento e a auto -melhoria. Nós realmente ganhamos o verdadeiro “eu”, que parecia irremediavelmente perdido.

Aceitando nossas vantagens e desvantagens, entendemos que precisamos corrigir. Quando a autoconfiança se expande, a dependência de avaliações externas é visivelmente reduzida. Nós nos tratamos muito melhor, e este é um dos serviços mais preciosos que podem ser fornecidos pela saúde mental.

Self -care não é uma ação única. Este é um processo contínuo que deve se tornar um hábito. Ser a pessoa principal por si mesmo não é egoísmo, mas sabedoria. Através do amor por nós mesmos, aprendemos a amar os outros. Percebendo nosso valor, entendemos que você precisa apreciar os outros.

Cuidar de si mesmo é não nos tratar pior que o resto, porque também somos importantes e devemos estar em primeiro lugar em nossa vida.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top